Dedetização De Escorpião

desentupidora sp são paulo sp

ATENDIMENTO NOTURNO | DOMINGOS E FERIADOS WHATSAPP (11) 94772 - 9422

DESENTUPIDORA | EMERGÊNCIA! FAÇA SEU ORÇAMENTO GRATUITO (11) 5669 - 3000

Dedetização De Escorpião

Em residências ou outros locais infestados, é possível encontrar escorpiões em telhas, calhas, atrás de móveis, na rede elétrica, em fosso de elevador, frestas, instalações telefônicas e redes de esgoto. Especialmente em casos de construções, reformas ou mudanças, os escorpiões também podem ser encontrados em entulhos, encanamentos e materiais de construção. 

CASOS DE ESCORPIÕES
A CADA TRÊS DIAS

DEDETIZAÇÃO DE ESCORPIÃO

FAÇA A SUA DEDETIZAÇÃO AGORA MESMO!

Os escorpiões são animais venenosos, mas pouco agressivos. São carnívoros e alimentam-se principalmente de grilos e baratas. Com hábitos noturnos, os escorpiões se escondem durante o dia em locais quentes, escuros e úmidos, como cascas de árvores, pedras, troncos podres, madeiras empilhadas, entulhos e telhas. Muitas espécies vivem em áreas urbanas e encontram abrigo e alimentação dentro e próximo às casas.

As picadas de escorpião são quase sempre acidentais e ocorrem quando as pessoas entram em contato com locais onde os escorpiões estão escondidos, como frestas nas paredes, ralos, sapatos, roupas e toalhas.

Medidas preventivas:

Use telas ou mantenha fechados os ralos de pias, tanques e banheiros;
Proteja as soleiras das portas com borrachas ou sacos de areia;
Elimine as frestas nas paredes, muros, pisos, tetos, janelas e portas;
Quintais com material de construção devem ser sempre vistoriados pelo morador;
Agite sapatos, roupas e panos úmidos antes de usá-los;
Elimine as baratas; elas são alimentos preferidos do escorpião;
Mantenham limpas e vedadas às caixas de gordura, esgoto e de rede elétrica e telefônica;
Não mate as lagartixas, pois elas são inimigas naturais do escorpião;
Não acumule lixo e entulho;
Conserve camas e berços afastados, no mínimo 10 cm da parede. Evite que os lençóis toquem o chão.
Proteja as mãos com luvas antes de pô-las no solo, sob pedras, troncos podres ou pedaços de madeira, tijolos e telhas empilhadas.

Elimine insetos, como baratas, que podem servir de alimento para escorpiões

Hábitos dos escorpiões:

Os escorpiões são levados à vários lugares agarrados em madeiras, em caixas, no interior de vagões de trens e caminhões. Os escorpiões entram nas casas principalmente pelas redes de esgoto sanitário e pluvial, instalações elétricas e telefônicas, fosso de elevador ou frestas. Também podem acompanhar materiais de construção

SOLICITE UM ORÇAMENTO

Acidentes envolvendo escorpiões na cidade de SP crescem 37% em 2018

Em 2017, Secretária da Saúde registrou 208 casos. No Ano Passado, foram 298. Nos 15 primeiros dias de 2019, pasta contabilizou um caso a cada três dias. O Calor favorece a proliferação do animal. Saiba como agir! 

Acidentes envolvendo escorpiões na cidade de São Paulo cresceram 37% em 2018, no comparativo com o ano anterior, segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde. Em 2017, a pasta registrou 218 casos. No ano passado, o número subiu para 298.

Este ano, até esta terça-feira (15), a gestão municipal tinha contabilizado um caso a cada três dias. Não houve registro de óbitos em nenhum dos períodos.

Segundo a secretaria, o crescimento está associado ao aumento de temperatura e chuvas, principalmente durante a primavera e o verão, período de reprodução do animal.

Em São Paulo, o Hospital Vital Brasil, situado dentro do Instituto Butantan, na Zona Oeste, é a referência em casos de acidentes com animais peçonhentos. O atendimento funciona 24 horas.

Pirituba e Rio Pequeno, ambas na Zona Oeste, Cangaíba, na Zona Leste, e Brasilândia, na Zona Norte, são as regiões com maior incidência.

No final do ano passado, um condomínio na Vila Leopoldina, Zona Oeste da capital, divulgou alerta interno aos moradores após um escorpião amarelo ser encontrado na piscina.

Comunicado em prédio na Zona Oeste de SP sobre escorpião encontrado em piscina — Foto: Arquivo Pessoal

A Prefeitura afirma que desenvolve ações por meio do Programa de Controle de Escorpiões, que incluem inspeções mediante solicitações e notificações de acidentes, monitoramento das áreas de ocorrência de espécies de importância médica (denominadas de áreas escorpiônicas), adoção de controle populacional por meio de recolhimento e de medidas de manejo ambiental, conforme previsto no Manual de Controle de Escorpiões do Ministério da Saúde (2009), uma vez que não há um veneno eficiente para controle destes animais.

× Como a SAMPEX pode te ajudar?