Morcegos frutíferos: Os morcegos que se alimentam de frutas

morcegos frutíferosOs morcegos são animais muito peculiares e envoltos em muitos mitos, lendas e crendices populares. Mitos à parte, os morcegos são os únicos mamíferos no planeta terra capazes de voar.

Uma característica bastante específica dos morcegos é o método usado por eles para sua orientação espacial, a ecolocalização. Por meio dela os morcegos se orientam através de ondas sonoras ultrassônicas. Esse eficiente método é de grande utilidade para o animal, visto que seus hábitos são, em sua grande maioria, noturnos.

Apesar de se valeram da ecolocalização, os morcegos não são animais cegos como muitas pessoas acreditam, eles possuem naturalmente os cinco sentidos (visão, olfato, audição, tato e paladar).

Um fator decisivo na caracterização das espécies de morcegos é o seu tipo de alimentação:

  • Morcegos insetívoros: se alimentam exclusivamente de insetos;
  • Morcegos nectarívoros ou polinívoros: essa espécie de morcego se alimenta de néctar e pólen;
  • Morcegos carnívoros: são os morcegos que se alimentam de rãs, camundongos, pequenas aves e até mesmo de outros morcegos;
  • Morcegos hematófagos: são os famosos morcegos que se alimentam de sangue de animais;
  • Morcegos frugívoros: se alimentam de frutas.

Raposa-voadoraDentre os morcegos frugívoros uma espécie se destaca das demais: as famosas raposas-voadoras. Pertencentes à subordem dos megaquirópteros (classificação que engloba todos os grandes morcegos) as raposas-voadoras se alimentam de frutos e, em algumas espécies, de néctar. Seu hábito alimentar é noturno.

Para encontrar alimento as raposas voadoras se valem dos grandes olhos que possuem e, diferentemente de outros morcegos, as raposas-voadoras não utilizam as ondas ultrassônicas para a sua orientação.

Outra característica desses morcegos é o olfato extremamente apurado que possuem. Além disso, têm dedos bem longos cobertos por uma fina membrana que serve como asa para vôos em busca de alimento.